Curitiba, a capital verde!

Curitiba é a capital brasileira com maior índice de qualidade de vida. Com certeza isso muito tem a ver com ela ser considerada também a capital mais verde; são muitos os parques e eu vou te listar os imperdíveis:

JARDIM BOTÂNICO

O Jardim botânico de Curitiba ou Jardim Botânico Francisca Richbieter, é o primeiro da lista de atrações imperdíveis de Curitiba. Você sabia que ele já foi o monumento mais votado na escolha das 7 maravilhas do Brasil? Sim, isso aconteceu em 2007.

Eu acho super merecido, o jardim é muito lindo, padrão europeu.

A estufa, que é o monumento principal do parque atrai os primeiros olhares, mas não é só o que há por lá. Além dela, que possui espécies de vários lugares do mundo em seu interior, há um gramado convidativo para um piquenique, brincar com as crianças… Também se pode fazer uma caminhada pelo bosque que tem 178 mil m2. Há lá também um museu botânico e mais um jardim, o Jardim das Sensações.

Por pouco eu não conheço esse lugar incrível, na semana anterior quando tentei visitar na sexta-feira, o parque estava fechado por conta da pandemia, mas sou de tanta sorte que antes de pegar o avião vi que tinham reaberto para visitação naquele mesmo dia.

O Jardim Botânico abre de segunda a domingo, das 8h às 20h e a entrada é gratuita. Já o jardim das Sensações, abre de terça a sexta, das 9h às 17h.

E claro, o Jardim fica na rota da linha de ônibus turístico.

PARQUE TINGUI

Depois do Jardim Botânico, o Parque Tingui é parada obrigatória para quem turista em Curitiba. O parque tem esse nome em homenagem ao povo indígena que levava esse nome e que significa nariz afiado. Pelas ruazinhas do parque você encontrará uma estátua de um cacique.

O que mais achei de lindo por lá é o Memorial Ucraniano que é composto por um pórtico e uma igreja no estilo ucraniano; por lá costumam ter eventos culturais, mas que agora em época de pandemia estão em stand-by. Quem sabe quando você for participe de algum ou pelo mesmo possa entrar e comprar um souvenir na lojinha que fica ao lado. Em tempos normais ficavam abertos das 10h até às 18h.

E como todo parque que se preze, este é um lugar excelente para um piquenique, uma esticada na grama e também uma caminhada em sua imensa extensão (380.000 m2) onde você verá laguinhos pitorescos, pontes cobertas de madeira, tudo bem lindo te esperando.

A entrada no parque é gratuita e ele é aberto em tempo integral (não é cercado).

Para ir até o parque usamos do Uber, mas se fores em tempos melhores (sem pandemia) diria que o passeio ficaria melhor se usasse a linha turismo Abaixo o link com informações dessa linha.

PARQUE TANGUÁ

Para os outros parques não vou indicar melhor horário para visita, mas para esse eu sugiro que você esteja por lá no momento do pôr do sol, é a melhor vista da cidade para esse espetáculo (quase que diário, às vezes chove rsrs).

O parque é o resultado de mentes brilhantes que tiveram esta ideia quando desativaram as duas pedreiras que lá existem, pensando assim no bem estar da população (que se multipliquem esses tipos de prefeitos, visionários).

parte baixa do parque, vista dos decks

O parque é dividido em uma parte alta onde tem um jardim ao estilo francês (Jardim Poty Lazzarotto) com chafariz e um espelho d’água e também tem um mirante. Já na parte baixa há extensos gramados, churrasqueiras, etc e também se pode avistar a cachoeira artificial que tem mais de 60 metros de altura. Esta parte baixa também conta com um bar sobre o lago da predreira e um túnel que passa por dentro da pedra. Para ver do túnel é preciso agendar pelo email: visitaguiadatunel@smma.curitiba.pr.gov.br

trilha curtinha até a parte baixa do parque
esses quiosques ficam após os decks (nos fundos da cascata

Este parque foi o meu preferido depois do Jardim Botânico, adorei a experiência.

vista do mirante
vista da torre

O Parque Tanguá faz parte da rota da Linha Turismo e tem entrada gratuita.

PARQUE BARIGUI

Que tal achar um jacaré em Curitiba? Fomos tentar a sorte (seria sorte encontrar um jacaré? rsrs) indo conhecer o Parque Birigui. Nós querendo ver o jacaré e nossa amiga querendo encontrar capivaras. As capivaras encontramos várias, inclusive as batizamos, agora o jacaré, nada dele…

Os jacarés foram largados aqui de maneira clandestina, mas nunca aconteceu nenhum susto provocado por um deles… Esse veio para a cidade e se adequou hehe.

Este parque que fica próximo ao centro da cidade, é um excelente local para praticar aquela corridinha pegando um solzinho, pois ele é quase todo aberto.

O lago enorme é resultado de terem represado o rio e por isso o nome de batismo do parque.

Se tiveres uns dias à mais em Curitiba vale a visita.

O parque é sem porteiras e funciona normalmente mesmo na Pandemia (use máscara).

Ao lado do parque fica um museu de automóveis, não é muito minha praia mas são tão lindos que entrei só para dar uma espiadinha.

Outra coisa que preciso compartilhar é quanto a segurança: andei pelas ruas do bairro Batel à noite tranquilamente. Esse é o bairro mais bohêmio e mais interessante para se hospedar.

Caminhei admirando a arquitetura dessa cidade, esse prédio me fascinou, fica quase em frente ao Hard Rock

HOSPEDAGEM:

O Hotel, escolhemos principalmente pela localização e pelo café da manhã, hehe, sim, esse hotel tinha fotos e recomendações pelo café da manhã e foi pela barriga que eles nos pegaram.

Wyinn Batel Hotel onde a diária para casal é em torno de R$ 140,00.

café da manhã muito saboroso.

Dica de restaurante: Spaghetto, jantar italiano por R$120,00 para o casal.

muita comida né? Estávamos em três.

Babilônia Gastrinomia: Adorei esse restaurante, tem um cardápio muito variado, vai desde peixe cru à churrasco. E o custo é bom, jantamos o casal com cerca de R$ 120,00.

Hard Rock café

Esse é primeiro Hard Rock do Brasil, adoro a proposta do Hard Rock, mas acabamos não entrando pois a vibe não estava para tal, mas se você estiver com um tempinho à mais, creio que vale a ida.

Bom, de Curitiba são essas as dicas, mas é uma cidade que oferece bastante. Considerei o custo da cidade bastante atrativo, mais barato que em outras capitais, tanto em hospedagem quando na gastronomia. Em tempos normais, sem pandemia, diria que teria programação para três dias inteiros, pois são muitos os parques e museus e tudo mais.

Aproveite e faça o nosso roteiro que estará no post à seguir.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: