Trem e pernoite na cidade de Morretes.

Se você quiser conhecer o passeio de trem que atravessa uma área de Mata Atlântica e é considerado entre um dos 10 passeios de trem mais bonitos do mundo (segundo o jornal inglês The Guardian), você precisa dessas informações:

A ida para Morretes faz mais sentido por conta desse passeio de trem, a volta ao passado torna a viagem cultural e enriquece o roteiro, vai por mim que vale muito à pena.

Foto na estação de Curitiba. Com o trem em andamento não é permitido colocar o corpo para fora, pois pode ser muito perigoso.

São 4 horas onde se viaja pelos trilhos que cortam a Serra do Mar, trilhos que contam a história do Paraná que nos foi relatada pelo guia que fica no vagão.

A ferrovia que tem 108,2 km tinha como ideia inicial ligar o litoral do Paraná até o Paraguai, mas por conta da Guerra da Tríplice Aliança a ideia foi abandonada e o projeto não foi nem para o papel.

Em 1880 foi quando começaram as obras em Paranaguá, com a presença do ilustre Dom Pedro II. Os trechos de alta complexidade foram projetados pelos irmãos Rebouças, os primeiros engenheiros negros do Brasil e por conta disso, nenhum dos milhares de homens que trabalharam nessa ferrovia vinham de trabalho escravo, todos receberam pelo seu trabalho.

Hoje a ferrovia tem grande importância para o escoamento das mercadorias do Paraná, sendo um dos principais portos do país o de Paranaguá. Antigamente existia também uma linha de transporte de passageiros com vários pontos de parada e ainda hoje se pode ver as várias estações abandonadas as quais dão um ar pitoresco ao passeio. Pra sorte dos turistas, esta linha é usada para turismo atualmente.

O trecho de 68 km de Curitiba à Morretes passa por 13 túneis e 41 pontes, sendo que uma delas tem 70 metros de altura e o friozinho na barriga é garantido.

olhe bem para encontrar a ponte que passamos na foto anterior

Curitiba está a uma altitude de 935 metros do nível do mar, já Morretes está à apenas 8 metros. Portanto a gente literalmente desce a serra de trem, mas a descida é muito suave, quase que não se nota que está descendo.

atravessando a serra

O passeio de trem custa R$ 130,00 na classe turistíca e você ganha um lanche no início do trecho (um refrigerante e umas bolachinhas), também são comercializados cerveja e souvenirs. Segue site da empresa que administra o passeio e onde se pode comprar as passagens:

https://serraverdeexpress.com.br/

Uma dica valiosa: compre seu ticket com antecedência pois os vagões estão indo com 50% de lotação apenas e apesar de terem incluído mais vagões ainda falta lugar para quem quiser embarcar de última hora.

As saídas de Curitiba são às 8:30 (precisa chegar 30 min antes) e acontecem até outubro nos sábados, domingos e feriados. À partir de novembro o passeio também acontecerá nas sextas.

Mais uma dica, o melhor lado para sentar é o lado esquerdo do trem pois tem as paisagens mais bonitas.

E em Morretes o que fazer?

Como cidade histórica, a atração principal são os belos e conservados casarões históricos que deixam qualquer foto fantástica. A cidade ainda tem um “plus” que é o Rio Nhundiaquara que corta o centro histórico. Um rio de águas calmas e convidativo para um banho ou uma voltinha de barco. Eu bem que fiquei com vontade mas quando vi era tarde (17h) e haviam encerrado os passeios; mas segue o número da agência para você já ir se programando: 41 9609-3735 Calango Expedições.

água cristalina

DICA FUNDAMENTAL: Neste momento de pandemia, você vai precisar também fazer um cadastro no site da cidade de Morretes, que por hora tem sua capacidade limitada à 3770 visitantes por dia.

Segue link para o cadastro: https://www.morretesdestinocerto.com.br

E além dos casarões históricos, que mais tem Morretes? Barreado é claro!

Barreado é uma comida típica do lugar, uma carne de panela bem desfiada, muito gostosa. E como a ideia é “turistar”, minha dica é investir em um restaurante que dê uma experiência a mais além da comida, por isso indico a “Casa do Rio Restaurante”, que além de uma comida ótima, tem um deck que fica sobre o rio e você pode comer e apreciar a bela vista ao mesmo tempo, ver a vida passar devagar… digo, ver a água passar, rsrs. Beber uma cervejinha e experimentar além do barreado também os frutos do mar; sem dúvida uma ótima experiência gastronômica, diria que sem esse restaurante minha experiência em Morretes não teria sido tão boa.

Nós escolhemos a opção de Barreado e Frutos do Mar que custa R$ 168,00 e é indicado para 2 pessoas, mas para nós serviu bem 3 e ainda sobrou comida.

Além do barreado, você precisa experimentar a cachaça de banana, outra especialidade da cidade; O restaurante nos ofereceu como cortesia e eu adorei, é bem docinha. Outras delícias a se provar na cidade são as balas de banana e de gengibre que você encontra nas barraquinhas do centro histórico. Também não deixe de procurar por uma sorveteria e experimente os sabores de banana e gengibre. Ah, por lá você também vai encontrar sorvete de queijo e picolé de cachaça (não sei como fazem para a cachaça congelar rsrsrs).

E uma dica de utilidade pública: quando se está em Curitiba se está no clima serrado da capital mais fria do Brasil, mas quando se vai à Morretes está indo para a cidade mais quente do Paraná, então leve uma roupinha fresquinha para curtir o calorzinho dessa cidade histórica.

os detalhes dessa orla do rio são muito ricos

Depois de tudo isso, tu ainda vai querer só fazer o bate- volta? Não né?

Morretes estava no meu caminho até a Ilha do Mel mas mesmo se não fosse por isso acho válido ficar por lá porque seria muito corrido ver a cidade, almoçar e correr para a rodoviária e voltar a Curitiba no mesmo dia. Além disso, a noite em Morretes não é morta não, é bem animada. Tem o “Pátio Morretes” que conta com várias bancas de comida e também tem música ao vivo. Tivemos sorte que a Marcela Martins, que participou do The Voice Brasil em 2018 estava dando um show por lá!

e tomando um chopp de vinho, outra delícia que tem por lá.

Em Morretes ficamos hospedados na Pousada Bella Morretes que fica bem no centro de tudo, do ladinho do Pátio Morretes, também pertinho do rio e dos melhores restaurantes. Pegamos uma suíte para 3 pessoas e custou R$ 300,00 com café da manhã.

Segue o site da pousada: http://www.pousadabellamorretes.com.br/

Para quem não quiser ficar em Morretes tem a empresa de ônibus Viação Graciosa (www.viacaograciosa.com.br) que faz o trajeto de volta à Curitiba; é bom comprar com antecedência a passagem pois se não tu vais chegar muito tarde de volta à Curitiba.

Sem mais, diria que é um passeio perfeito e ir à Curitiba e não ir até Morretes é desperdício.

Kussia!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: