Dia 2 na Rota Romântica da Alemanha: Lauda-Königshofen, Bad Mergentheim, Weikersheim, Creglingen e Rottingen.

LAUDA-KÖNIGSHOFEN

Essa foi a primeira parada do segundo dia de Rota Romântica. Acordamos em Tauberbischofsheim e andamos 10km e já estávamos lá.
Foi uma passadinha rápida para ver a parte murada, a MarketPlatz e um pouquinho do bosque. Em 1 horinha e vimos o principal, que foi o suficiente para ficar encantado com a pequena cidade alemã.

Algo também a se observar é a ciclovia por onde passam os ciclistas que fazem a rota em duas rodas e as marcações de enchentes do Rio Tauber, repare nas réguas desenhadas nos prédios.

BAD MERGENTHEIM

Segunda cidade do segundo dia pela Rota Romântica.

Separe no mínimo 1h30min para essa visita, conheça a sua bela MarketPlatz e o palácio da ordem alemã, o Deutschorden, também chamado de Castelo dos Cavalheiros da Ordem Teutônica.

Achei interessante a história de como a cidade começou: um monge descobriu que tinha muitos minerais na cidade e em volta dela. A água daqui tem uma concentração muito forte em minerais, chamam de água forte.

WEIKERSHEIM

Terceira cidade visitada do dia, vais precisar no mínimo 2 horinhas para gastar pelo:
– Palácio Renascentista do séc. XVI até o séc. XVIII
– Jardim ao estilo Versalhes
– MarktPlatz que é belíssima com as residências oficiais
– Igreja gótica
– Fontanários em estilo rococó

A cidade de WEIKERSHEIM foi uma das minhas preferidas, o palácio de dos anos 1600 e o seu jardim que é tido como um dos mais bonitos da Alemanha são divinos e a MarketPlatz tem uns casarões inspiradores.

E antes de falar desse palácio, quero saber se tem alguém aí da família Ludwig?
Quem não gostaria de saber que é parente de um conde, né?

Não sou muito de visitar interior de palácios, mas o Palácio de Weikersheim está em ótima conservação, pois foi sempre tido como segunda residência dos herdeiros do Conde Carl Ludwig. Esse que assumiu o palácio de estilo renascentista em 1709 e com o casamento e os dotes pode fazer uma rica decoração com verdadeiros tesouros da arte barroca.

O palácio está aberto das 9h às 18h de abril a outubro, de novembro à março das 10h às 17h. O ingresso custa: 6,50 euros para visitar o jardim + castelo e 3,50 euros para visitar somente o jardim.

Não é sempre que eu posso me deitar na grama da casa do conde… esse dia eu aproveitei! Ah se tivesse junto minha toalhinha e apetrechos para o…. mas espera, em uma próxima foto você verá que sede eu não passei.

GREGLINGEM

A cidade de Creglingen fica no km 79 da Rota Romântica e é do ladinho de Rothemburg e fui de Werkensheim direto até ela, esquecendo de parar em Rottingen que fica no km 71 da rota.
Acontece que as cidades são tão pertinho uma da outra que você acelera e tem que cuidar para não esquecer, trajeto tão curto que só se pode escutar uma única música, porque logo ali é a outra parada.

A cidade guarda resquícios dos anos 200 AC, quando foi fundada pelos celtas. É uma gracinha, cortada por um canal de um pequeno rio, uma ponte enfeitada de flores, estilo Amsterdã. A população é de 4 mil habitantes, imagina a paz. Lá tem uma igreja muito visitada, a HERRGOTTSKIRCHE, onde um famoso escultor alemão misturou tábuas e pedras para fazer o altar, uma verdadeira escultura gótica tardia.

RÖTTINGEN

Cidade situada no lindo vale do Rio Tauber, km 71 da rota. É cercada por uma fortificação histórica com sete Torres de defesa ainda bem conservadas. A Marketplatz é muito bonita, esse prédio amarelo é a prefeitura, a Rathaus. A foto ao lado mostra um bar de vinho, coisa comum na região dos vinhedos.

Próximo post falo de Rothenburg, nosso pouso desse dia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: