Muro Alto e Porto de Galinhas.

Para completar o roteiro Pernambucano não poderia faltar uma passada pela praia mais famosa: Porto das Galinhas. Afinal, a dita já foi eleita por 10 vezes a praia mais bonita do Brasil pela renomada revista “Turismo e Viagem”. A praia de água translúcida é morninha, com piscinas naturais formadas pelos corais.

É muita beleza, começando pela areia branquinha que fica um espetáculo com a cor daquela água.

Olhando da praia, o mar é aquele azul do filme Lagoa Azul e quando se avança mar adentro de jangada parece que fica mais para verde, mas, logo em seguida, um pouco mais à frente, tudo se mistura em diversos tons verdes e azuis e corais e infinitos tipos de peixinhos.

Como as piscinas ficam mar adentro e parte desses recifes fazem parte de área de preservação, é necessário pegar uma jangada para se chegar até as piscinas. As áreas de preservação estão demarcadas com cordinhas para sinalizar os corais preservados onde não se pode pisar.

O passeio de jangada tem duração de 1 hora. A maior parte do tempo se passa em uma das piscinas maiores, onde você pode ter uma experiência maravilhosa de boiar com vários peixinhos.

O passeio custa R$ 40,00 e se compra na bilheteria ao lado do pórtico de Porto de Galinhas, bem em frente onde saem as jangadas.

Outra informação importante é que o passeio só ocorre na maré baixa, então fique atento a tábua da maré

Foi a melhor maneira de começar o ano.

Uma curiosidade sobre Porto de Galinhas é que ela já foi chamada de Porto Rico, pela riqueza em pau brasil e o triste passado de escravidão. Passou a ser vista turisticamente só a partir de 1990 quando ficou famosa.

Tem melhor época para ir a Porto de Galinhas? Sim: nos meses chuvosos a água não fica tão translúcida, os melhores meses são de outubro a dezembro (meses de seca) e os piores, onde mais chove, é de abril a julho.

E Porto de Galinhas tem algum defeito?

Não diria que é defeito, mas questão de ponto de vista. Porto de Galinhas hoje em dia costuma estar sempre lotada e tem um centrinho badaladinho à noite. Não é que eu não goste, tenho minhas fases e agora com a pandemia eu estava na vibe de curtir a natureza mais quietinha.

Aí foi que entrou MURO ALTO no roteiro:

Muro Alto é paradisíaca

A Praia de Muro Alto foi um achado para essa trip, era exatamente o que eu mais queria, praia silenciosa e com águas calmas.

Muro Alto fica do ladinho de Porto de Galinhas e é um amontoado de resorts um ao lado do outro, o que acaba “murando” a praia pois estes resorts costumam construir e fechar os acessos a areia. Porém, o nome Muro Alto não se deve aos muros dos resorts e sim ao muro gigante formado por recifes que faz com que a praia seja uma enorme piscina natural.

Como nós queríamos ficar na parte mais sossegada possível, tomamos um uber e fomos para o ladinho do porto, lá tínhamos uma boa parte da piscina só para nós e um silêncio precioso.

A praia de Muro Alto é bem tranquila entre um resort e outro… há esses espaços onde a praia ainda não é fechada… é, Pernambuco tem disto, muitas praias fechadas por resorts ou quiosques gigantescos, os quais se paga entrada para usar a praia… Mas sempre tem um jeitinho, uma trilha, um cantinho como este ainda “preservado”.

Estávamos perto de encerrar a trip e felizes por conseguirmos cumprir o desafio de cozinhar e nos preservar ao máximo. Confesso que dá trabalho e eu adoro essa coisa de sentar num barzinho e comer uma coisinha ali enquanto vejo a vida passar, mas o momento pediu e a gente se adequou.

Mas não pense que foi tão ruim não: fazíamos o café da manhã e o lanche para comer na praia e a noitinha preparávamos um jantarzinho e assistimos um filminho. Para tanto vou dar a dica de alugar um apê com vista para o mar.

As imagens acima são dos primeiros raios de sol de 2021! E aí, ficou com vontade de curtir um nascer do sol da cama? Lindo né?

As fotos abaixo são para mostrar o apê da Macuco Residence, o qual locamos para descansar entre Porto de Galinhas e Muro Alto.


Agora vou relatar um passeio que não recomendo; só vou relatar para que você saiba a real do lugar:

Bate-volta a Calhetas:

Como vocês já devem saber, não sou de falar mal dos lugares por onde vou… mas eu realmente fiquei desapontada e triste por encontrar esse lugar que poderia ser belíssimo nesse estado tão ruim.

A praia é de Calhetas já deve ter sido uma das praias mais lindas de Pernambuco. É uma pequena praia, rodeada de pedras, mar gostoso para banho, perfeita em questão de natureza. Dizem até que foi por lá que o Brasil foi descoberto pelo navegador espanhol Vicente Yáñez Pinzón em janeiro de 1500, uma das teorias que contestam que foi Cabral que chegou primeiro.

Mas infelizmente o que encontrei foi muito lixo espalhado por toda parte, pedras pichadas na praia e vegetação incendiada. Muito triste.

Fizemos um bate-volta partindo de Muro Alto. São aproximadamente 50 km de estrada e não é recomendado fazer este trajeto no o final de semana pois a rodovia é de pista simples e costuma congestionar. Se você procura um transporte, recomendo o Compass Driver ( 81) 98204 9188 para todos os trajetos de Recife, Olinda e praias.

Se vocês forem a Calhetas e terem outra impressão me avisem, vou ficar imensamente feliz em saber que as coisas mudaram por lá.

E no mais, a trip por Pernambuco foi maravilhosa. O nordeste brasileiro é muito lindo e tem uma cultura riquíssima. Devemos ter muito orgulho e valorizar cada vez mais nossas belezas e nossa história e acima de tudo preservar a nossa natureza tão privilegiada.

Grande kussia da Frida e até a próxima.

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: