Um pedal por Linha Bonita e Linha Nova – Gramado

A vida já não é a mesma e nem o turismo na serra poderia ser o mesmo… e entre ir ou ficar em casa, que tal reinventar?

Tenho vários posts sobre parques em Gramado e em toda a Serra Gaúcha, veja na pastinha da Serra Gaucha, mas neste post a ideia é um turismo autêntico, rural e afim de conhecer onde a história de Gramado iniciou, onde os italianos inciaram a colonização da cidade que hoje é a segunda mais turística do Brasil, perdendo somente para o Rio de Janeiro. Será que eles imaginavam isso? Acho que não, só tinham a pretensão de trabalhar e tirar da terra seu sustento. Os vestígios da humildade e do trabalho podem ainda ser vistos por lá.

Pronto! Decidiu ir? Agora só falta você decidir se aluga um carro ou uma bicicleta, hehe.

JXGD6986

Isso mesmo, esse passeio é daqueles para você não ter hora para terminar, mas vá cedo para aproveitar bem, ainda mais se fores de bicicleta.

Estou acostumada a pedalar pelo interior da região (moro coladinho em Gramado) faço vários trechinhos de 15, 20, 25 km, tudo com maior calma para que dure bastante; é o que tem mantido a minha mente sã (ou perto disso) nessa quarentena.

Neste final de semana resolvi postar sobre isso para dar de dica para quem vai à Gramado e acha importante evitar aglomerações…

O roteiro é de 30 km e o que fizemos foi uma volta; iniciamos no bairro Carniel, depois passamos pela a Vila Bonita, após a Vila Nova… depois passamos na entrada do Parque Olivas e saímos na Vinícola Mazotti.

Abaixo segue um mapinha (aliás na região não pega internet), bom baixar um mapa off line.

Começamos o pedal perto das 14 horas e voltamos às 19 horas, diria para ir mais cedo, sair pela manhã se possível, pois pedalar com pressa para não pegar escuridão completa é muito chato.

Até porque se você for fazer uma visitinha nas cantinas levará mais tempo ainda, nós apenas observamos, estávamos receosos em entrar. Mas talvez tu vá em um melhor momento e possa além de ver o que vimos, provar e escutar um pouco mais de proza. Sempre é interessante porque nos enriquece culturalmente.

bem no início do pedal
primeiros 15 km poucas subidas e muitas descidas
AAVY3599
a estrada é linda
UQDG9523

Primeira atração/cantina com que nos deparamos foi a Casa Centenária.

NXJE3897
Casa Centenária

Essa casa está de pé há mais de 120 anos e ainda nos dias de hoje parece ser habitada; nos fundos se pode ter uma ideia do que é a vida na colonia e na lateral tem uma casinha onde vendem produtos coloniais.

E sabe aqueles produtos coloniais que você encontra na praça de Gramado, saem daqui da região, é uma ótima oportunidade de mostrar aos filhos uma vida simples e sustentável, em épocas que o orgânico está tão em alta pode parecer até chique.

Essa é mais uma cantina, A Casarão

Depois chegamos neste lugar da foto abaixo, onde tem um moinho (Moinho Cavichion) e uma igreja muito bonitinha, mas acabei me encantando e esquecendo de fotografar, mas filmei, hehe.

tirei um print do meu vídeo, veja lá no instagram @fridaviaja

Cada curva feita uma nova descoberta, esses primeiros 15 km são de uma sequência de: – óh que linha bonita mesmo!

RRNQ0173
é cada cantinho lindo
Aqui outra cantina, Marcon.

Estávamos descendo essa ladeira da foto acima e aí vi a casa da foto abaixo, não consegui parar de imediato (se não capotava rsrs), mas voltei e valeu a pena, fiquei imaginando morar nessa casinha e ver a vida passar através das janelinhas de cortinas simpáticas. Acabo sempre fazendo esse exercício, me imaginando a viver nesses lugares, como seria? “Ma Donna Mia”.

feliz eu seria igual

Logo em seguida chegamos na localidade de Linha Nova, marco inicial da colonização italiana no município em 1885… imagina a cidade da pompa e do glamuor que é hoje Gramado ter iniciado nessa sociedade? …investimentos em turismo.

na frente da sociedade fica essa simpática Igreja, de nome São José.

Um pouco mais á frente da sociedade vai ter uma plaquinha de Escola, entre e vai se encantar com uma escolinha que parece ter saído do seriado “Anne whith E”

IEAR8220
uma gracinha de escola

Depois da escola começam as subidas, afinal, se a parte inicial do passeio é quase que só descida, a parte final em direção de volta ao centro de Gramado vai te exigir um pouco mais das pernocas.

Tinha pensado em dizer para ires até esse ponto abaixo e voltar pelo mesmo caminho, mas acontece que repensei e seria somente a vantagem de não seguir no saibro.

BPFH2038

O morro é forte, uma subida intensa de mais ou menos 1,5 km e no meio dele começa a estrada de terra, mas a dica é sair cedo e poder curtir e subir bem devagarinho.

Depois de chegar ao topo do mundo novamente… tem essa paisagem de presente. Um lago na beira da estrada com uma simples residência que de tão simples é bela.
GCEU4666

Depois disso pedalamos mais um pouco, o sol desceu e quando chegamos novamente na civilização já era noite, por isso, separe no mínimo 5 horas de sol e se fores parar para almoçar ou visitar as cantinas, mais um tempinho.

VHQM6646

Para quem não tem como levar a bicicleta, tem no instagram @casadoviajanteoficial disponíveis para locação; abaixo contato e informações:

Custa 50 reais a diária e você pode contatar no Whatsapp 54-9 9111 9260

Ahhh, não esqueça do capacete e das luvas; nós esquecemos e eu me senti nua sem estes equipamentos de segurança. Outro acessório que ajuda muito são as bandanas para cobrir as orelhas e não doer o ouvido.

Esse passeio também pode ser feito de carro, em família deve ser uma bela experiência. Nós adoramos ter feito de bike, é nosso meio de transporte predileto e quando usado para o turismo, é só alegria.

 

E onde se hospedar para ter uma experiência única em Gramado?

Residencial Casa de Pedra

A ideia é ficar em um apê, ter toda a experiência de um morador local e se sentir em casa, fazer do apê o seu lar.

Tenho uma ótima recomendação a fazer: o @checkingramado (instagram), é um apartamento para locação de temporada, fica no Residencial Casa de Pedra, é muito confortável e luxuoso, o que te proporciona um upgrade na estadia por Gramado. Acordar por lá é algo muito especial, o condomínio é muito tranquilo, arborizado o que te proporciona um despertar com os pássaros cantando.

Levantar, buscar pão na padaria… tomar um café com a família, ler o jornal nesse ar puro e escutar o som calmo dessa cidade que é tida como uma das mais românticas do Brasil.

Para depois de uma turistada, aquele descanso que só a privacidade pode te dar, pedir um jantar daquele restaurante que só a serra tem, ou até mesmo fazer o seu jantar na compania do seu amor, dos filhos… enfim, pegar uma receitinha especial e preparar o almoço/jantar tomando um bom vinho e ouvindo uma boa música.

São duas suítes, uma cozinha muito equipada (tem tudo, tudo mesmo, para preparar desde um churrasco à um bolo), uma sala confortável (onde o sofá vira cama para assistir uma série na netflix), uma varanda para tomar o café da manhã curtindo um solzinho, enfim, tudo perfeitinho.

Ahhh, hóspedes do @checkingramado tem direito de curtir a piscina aquecida e a hidromassagem do Residencial Casa de Pedra. Vai dizer que não é tudo o que você está precisando?

Seguem abaixo os contatos para locar esse apê charmoso e ter a melhor experiência na serra.

https://www.booking.com/hotel/br/apto-luxo-prox-centro-de-gramado.pt-br.html?aid=1263239;label=PShare-Pulse-kBDCXO%401592610867;sid=3e78031d95335093df62351ca71f32f8;dist=0&keep_landing=1&sb_price_type=total&type=total&

 

 

Bom Fridinhos, dei a receita, vão lá curtir, mas curtam com responsabilidade, estamos vivendo tempos diferentes!

Kussia!!!!

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: